Tudo sobre a simulação do carregamento das estacas

Um dos ensaios geotécnicos mais interessantes atualmente é a prova de carga estática, mais conhecido através da sua sigla PCE, que realiza uma simulação real do carregamento das cargas com o objetivo de levantar dados precisos sobre a capacidade de carga das estacas de uma construção.

Esse ensaio acontece para atestar se todas as fundações da obra estão suportando as cargas exercidas em suas estruturas na qual foram projetadas de maneira específica. Por ser uma simulação real, os resultados obtidos são sempre muito precisos e garantem uma maior segurança na utilização das estacas.

É um método de ensaio prévio de grande importância, por isso, é amplamente utilizado em obras geotécnicas e, também, nos projetos de fundações, permitindo uma redução considerável do fator segurança quando realizado antecipadamente e, também, uma redução notável no custo das obras e das incertezas durante a execução do projeto.

A prova pode acontecer por meio de um ensaio rápido (QML), onde o descarregamento é feito em quatro estágios de cinco minutos cada, ou através de um ensaio lento (SML), onde há um tempo mínimo de doze horas entre a estabilização do recalque e o início do descarregamento, ou até a sua ruptura.

Além de ser muito recomendada em obras com mais de sem estacas, essa prova é um ensaio de suma importância e é destacado em diversas normas regulamentadoras vigentes nacionais, como a NBR-6122 de 2010, por exemplo.

Por fim, é fundamental contar com uma empresa altamente especializada para que esse ensaio ocorra de uma maneira segura e dentro de todas as normas necessárias para que os resultados obtidos sejam realmente precisos a respeito da capacidade das estacas.

Postagem criada em: 10/11/2021 - 09:57


Sobre a categoria dessa página Engenharia: Bem vindo ao TDB Classificados, nosso objetivo consiste em oferecer o melhor conteúdo sobre diversos temas, saiba mais sobre empresas de Engenharia.