Processo simples e prático de injeção plástica:

O principal intuito da realização do trabalho de injeção de peças técnicas é efetuar o derretimento do polímero e em seguida esculpi-lo em um molde de modo a considerar a finalidade do objeto que se necessita.

Dessa forma, o passo inicial é, portanto, a moagem, visto que visa minimizar a extensão do polímero, o que facilita de modo significativo a dissolução do material quando estiver em contato com temperaturas extremamente altas.

A maioria dos moldes são feitos de metal, geralmente alumínio ou aço, e máquinas de precisão para combinar com as características do produto que devem produzir.

Uma vez que o molde tenha sido criado pelo fabricante do molde, o material para a peça é alimentado em um barril aquecido e misturado usando um parafuso em forma de helicoidal. As bandas de aquecimento derretem o material no barril e o metal derretido ou material plástico derretido é então alimentado na cavidade do molde onde esfria e endurece, combinando com a forma do molde. O tempo de resfriamento pode ser reduzido através do uso de linhas de resfriamento que circulam água ou óleo de um controlador de temperatura externo. As ferramentas de molde são montadas em moldes de placa (ou 'plaqueções'), que abrem uma vez que o material se solidificou para que os pinos ejetados possam ejetar a peça do molde.

Em geral, é um procedimento industrial que atende a diversas finalidades. Suas aplicações são versáteis, de modo que a injeção de peças plásticas pode ser utilizada na fabricação de peças destinadas a diversos segmentos. Através da injeção de peças plásticas é possível obter, por exemplo, utensílios domésticos (pratos, copos, canecas, potes e afins), peças para motores (por exemplo, flanges para moto bombas), entre muitos outros.

Postagem criada em: 15/07/2022 - 07:24


Sobre a categoria dessa página Fabricantes: Conheça um pouco mais sobre os produtos oferecidos por fabricantes. Qualidade no atendimento e na prestação dos serviços, confira aqui.