As estacas concretadas in loco precisam disso:

Sabemos como as estacas in loco de concreto são utilizadas no segmento da construção civil e, por este motivo, é fundamental que não tenham falhas significativas em sua estrutura que comprometam a sua resistência. Sendo assim, é fundamental contar com engenheiros altamente capacitados e com uma vasta experiência para a realização do ensaio PIT.

Também conhecido como ensaio de integridade PIT, esse modelo de ensaio nada mais é do que um teste baseado na aplicação de uma excitação mecânica no topo da estaca. No caso, esse ensaio acontece através de um golpe com um martelo de mão aplicado axialmente à estaca para analisar suas propriedades.

Dessa maneira, esse modelo de ensaio é capaz de analisar a qualidade do concreto, identificar possíveis falhas ou danos estruturais ao longo da profundidade de estacas de fundação e, também, fornecer a sua localização com maior precisão. Além disso, ainda pode determinar e confirmar o comprimento das estacas.

Esse ensaio precisa que a estaca tenha uma área de seção adequada que permita a colocação do sensor, a aplicação dos golpes e, também, permita a propagação da onda, já que ela quem irá apresentar os resultados do teste.

Por fim, vale destacar que é por este motivo que esse modelo de ensaio não é muito indicado para estacas metálicas. Apesar de muitas estacas metálicas possuírem um bom espaço para o posicionamento dos sensores e aplicação dos golpes, sua pequena área de seção em relação ao seu comprimento permite uma rápida dissipação da onda e compromete os resultados do teste.

Postagem criada em: 03/11/2021 - 13:32


Sobre a categoria dessa página Engenharia: Bem vindo ao TDB Classificados, nosso objetivo consiste em oferecer o melhor conteúdo sobre diversos temas, saiba mais sobre empresas de Engenharia.