As classes de portas para saída de emergência:

As saídas de emergência, muitas vezes, contam com porta corta fogo porque essas portas podem resistir às chamas, ao calor e à fumaça, impedindo ao máximo a propagação de um incêndio por um edifício e proporcionando um tempo muito maior para a evacuação dos presentes.

Contudo, essas portas não são todas iguais, elas possuem quatro classes diferentes de acordo com a sua resistência ao fogo, são elas:

  • Classe P-30, quando o tempo de resistência mínima ao fogo é de 30 minutos;
  • Classe P-60, quando a sua resistência mínima é de 60 minutos;
  • Classe P-90, quando sua resistência mínima é de 90 minutos; e
  • Classe P-120, quando o tempo de resistência mínima ao fogo é de 120 min.

E todas as classes das portas podem possuir como adicional a característica de serem “à prova de fumaça” e, neste caso, uma letra “F” deve ser acrescentada após a letra “P”. Como, por exemplo, uma PF-30, é uma porta com tempo de resistência mínima de 30 minutos e à prova de fumaça, ao mesmo tempo.

Por fim, vale ressaltar que o uso inadequado pode causar consequências sérias. Uma porta com capacidade de resistência de 120 minutos pode não ser tão eficiente quando o seu tem o seu uso de maneira inadequada no dia a dia, implicando diretamente na vedação esperada e prometida por estas portas em uma emergência.

Com as portas não estando fechadas adequadamente, o calor e a fumaça podem facilmente se propagar pelo local, dificultando a respiração e a visualização do ambiente, podendo, até mesmo, levar pessoas a óbito por exposição à fumaça.

Postagem criada em: 20/08/2021 - 16:45


Sobre a categoria dessa página Manutenção: Conheça um pouco mais sobre os serviços de manutenção oferecidos por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.