Cuide das portas da sua rota de fuga!

A responsabilidade e a preocupação com as portas das saídas de emergência e rotas de fuga não devem ser exclusivas para conseguir tirar o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). Muito além da instalação, a preocupação com essas portas deve se estender para todas as posteriores e regulares manutenções.

manutenção de portas corta fogo deve acontecer de maneira periódica e, segundo a Norma do Corpo de Bombeiros, é recomendável que aconteça, ao menos, a cada seis meses. Contudo, para condomínios e lugares onde as portas são usadas constantemente, deve acontecer mensalmente ou a cada três meses.

Essas são as chamadas manutenções, ou vistorias, preventivas, onde acontece uma completa avaliação das condições das portas, bem como todos os seus componentes, seguidos de uma limpeza e lubrificação para manter o pleno funcionamento das portas e garantir que cumpram a sua função de vedação em uma emergência.

Porém, há as manutenções corretivas, onde, como o seu próprio nome sugere, são voltadas para a correção de quaisquer danos e solução de problemas. Muitas vezes, as manutenções corretivas são ocasionadas pela falta de manutenções preventivas e possuem um custo elevado.

Cuidar das portas das saídas de emergência e das rotas de fuga é de suma importância para garantir a máxima segurança de todos em uma emergência de incêndio. Afinal, nunca sabemos quando iremos precisar dessas portas, mantê-las sempre em plenas condições de uso é uma tarefa crucial para a nossa segurança.

Por fim, vale ressaltar que o uso inadequado dessas portas são a principal causa de desgastes e que fazer ser necessário reparos e consertos constantes. Portanto, reforçar as políticas de bom uso também deve ser uma medida a ser adotada.

Postagem criada em: 25/08/2021 - 16:46


Sobre a categoria dessa página Manutenção: Conheça um pouco mais sobre os serviços de manutenção oferecidos por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.