Promova integração do comércio exterior eficiente

O radar, também conhecido como registro e rastreamento da atuação dos intervenientes aduaneiros, é o sistema da Receita Federal que permite que empresas possam importar e exportar.  Sem o registro do Radar, pelos meios legais não é possível realizar qualquer operação nas importações e exportações.

Basicamente são analisadas as seguintes informações no pedido da habilitação de radar para importação:

  •          Estrutura física compatível com a operação;
  •          Capacidade financeira da empresa.

É importante saber que uma empresa com pendências com o fisco terão o Radar negado. Caso a empresa tenha impostos refinanciados, este não será um impeditivo para a aquisição do Radar.

Para ficar apto a importar e exportar, o empresário deve levar os documentos necessários em uma unidade da Receita Federal (RFB) e fazer o pedido. Cada modalidade acima exige uma série de documentações que podem ser consultadas no manual de habilitação do Siscomex. 

O sistema permite o preenchimento dos documentos para importar e exportar, além de armazenar seus dados dos procedimentos.

Enfim, o radar é crucial para quem quer realizar compras e vendas para outro país. Afinal, se você quer receber as suas mercadorias ou cargas precisa ter suas questões legais em dia com a Receita Federal. Na atualidade, a obtenção da ferramenta é fácil e cabe à todas as empresas. Agora, felizmente, você já sabe como se habilitar no radar de Importação.

Diante de todos esses fatores, a indicação é que se pesquise a fundo por empresas e profissionais especializados que fornecerão todo o suporte necessário, com presteza e atenção, de forma mais prática e completa a sua necessidade.

Postagem criada em: 05/10/2021 - 11:22


Sobre a categoria dessa página Consultoria: Conheça um pouco mais sobre Consultorias oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.