Como tornar a empresa apta a exportar e importar?

De forma sucinta, a habilitação de radar expresso é uma habilitação da Receita Federal que torna as empresas aptas a exportarem e/ou importarem. No geral, o funcionamento e aquisição dessa documentação gera muitas dúvidas para quem está começando no mundo do comércio exterior.

Dentre as suas finalidades, em geral, trata-se do Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros, que confere habilitação para operar no Comércio Exterior. Ou seja, o radar nada mais é que um sistema da Receita Federal, vinculada ao Ministério da Fazenda, que faz um controle prévio das empresas de forma a garantir que não se trata de uma manobra fraudulenta e, para isso, a empresa interessada em adquirir o mesmo deve apresentar documentos que comprovem a sua existência física e a sua capacidade financeira.

A intenção deste é possibilitar as empresas de pequeno e médio porte que estão cada vez mais se inserindo no mercado internacional. Desse modo, as pequenas empresas não precisam mais apresentar capacidade financeira para solicitar a habilitação expressa. Isto é importante, porque exime a obrigação da empresa provar capital social, além de ser mais fácil de ser obtido em comparação aos outros dois e, também, é mais rápidos, pois leva apenas dois dias úteis após a protocolização do requerimento para se ter uma resposta.

Vale frisar que é importante se atentar ao período, pois, o radar precisa ser habilitado somente uma vez, mas, desde que seja feita ao menos uma importação no período de 18 meses.

Diante de todos esses fatores, a indicação é que se pesquise a fundo por empresas e profissionais especializados que fornecerão todo o suporte necessário, com presteza e atenção. 

Postagem criada em: 05/10/2021 - 10:45


Sobre a categoria dessa página Consultoria: Conheça um pouco mais sobre Consultorias oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.