O controle de acesso é um componente fundamental da segurança de dados que determina quem tem permissão para acessar e usar as informações e recursos da empresa. Por meio de autenticação e autorização, as políticas de controle de acesso garantem que os usuários sejam quem dizem ser e que tenham acesso adequado aos dados da empresa.

Em geral, uma empresa de controle de acesso identifica os usuários verificando várias credenciais de login, que podem incluir nomes de usuário e senhas, PINs, varreduras biométricas e tokens de segurança. Muitos sistemas de controle de acesso também incluem autenticação multifator (MFA), um método que requer vários métodos de autenticação para verificar a identidade de um usuário.

Depois que um usuário é autenticado, o controle de acesso autoriza o nível apropriado de acesso e as ações permitidas associadas às credenciais e ao endereço IP desse usuário.

Vale salientar que, o mesmo impede que informações confidenciais, como dados de clientes, informações de identificação pessoal e propriedade intelectual, caiam em mãos erradas. É um componente-chave da estrutura de segurança de confiança zero moderna, que usa vários mecanismos para verificar continuamente o acesso à rede da empresa. Sem políticas robustas de controle de acesso, as organizações correm o risco de vazamento de dados de fontes internas e externas.

De forma resumida, contar com uma empresa que possua esse controle de acesso é particularmente importante para organizações com ambientes de nuvem híbrida e de nuvem múltipla, onde recursos, aplicativos e dados residem tanto no local quanto na nuvem, fornecendo a esses ambientes uma segurança de acesso mais robusta, além do logon único (SSO), e impedir o acesso não autorizado de dispositivos BYO e não gerenciados. Consulte um profissional.

Postagem criada em: 17/11/2021 - 12:05


Sobre a categoria dessa página Energia e Tecnologia: Bem vindo ao TDBC, nosso objetivo consiste em oferecer o melhor conteúdo sobre diversos temas, saiba mais sobre empresas de Tecnologia.